Caciopar
quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018
Projeto-piloto da Caciopar dá novo impulso a SPCs de cidades do Oeste
O diretor de SPC da Caciopar, Eduardo Berndt, que é de Marechal coordenou os trabalhos.

Quatro associações comerciais e empresariais do Oeste do Paraná participaram, desde os primeiros meses da atual gestão da Caciopar, de um projeto-piloto que busca avanços no SPC, o Serviço de Proteção ao Crédito, uma das principais ferramentas de atendimento e de renda do portfólio de Aces no Paraná. O projeto, que integra o planejamento estratégico da Coordenadoria, tem acompanhamento e coordenação do diretor de SPC da entidade, Eduardo Berndt, que é de Marechal Cândido Rondon. Na primeira etapa de trabalhos, o projeto alcançou as associações de Cafelândia, São Miguel do Iguaçu, Quedas do Iguaçu e Quatro Pontes. “E os resultados são muito bons. Alguns aspectos poderão, a partir de agora, ser compartilhados e fortalecer o serviço de outras Aces da região”, conforme Eduardo.


Os alvos centrais do trabalho foram parecidos nas quatro entidades, com incentivo a tornar em hábito a inclusão de devedores no banco de dados do sistema, inclusive de CNPJs, obtenção de informações junto aos usuários para conhecer e entender suas demandas, encontros para aprofundar e aperfeiçoar o uso da ferramenta de consultas, bem como criação de tabela personalizada dos serviços disponibilizados pelo SPC. Outro dos desafios comuns para alcançar os resultados esperados é o de contar com um método eficiente para manter o cadastro dos clientes sempre atualizado. A divulgação empregou os mais diversos recursos, de rádios a mídias sociais. Com as informações colhidas em mãos, segundo Eduardo, tem-se a chance e a oportunidade de otimizar ainda mais esse serviço tão fundamental à saúde financeira das empresas e à manutenção de entidades ligadas ao associativismo.

Resultados

A Ace de Cafelândia obteve 79% de aumento na inclusão de cheques, de uma soma de R$ 10,2 mil passou para R$ 20,9 mil. Houve redução de 4,2% no número de CPFs inadimplentes, recuo de 26,43% para 25,33%. Em São Miguel do Iguaçu, a associação comercial fez a inclusão de 56 cheques de pessoas jurídicas, totalizando R$ 31,6 mil. Antes da participação da entidade no projeto-piloto da Caciopar não havia um único registro desses sequer no banco de dados da associação, observa Eduardo. A inclusão de inadimplentes, pessoas que compraram a prazo e não honraram seus pagamentos, aumentou em 26% e, por outro lado, foi verificada diminuição de 3,98% no número de CPFs inadimplentes, saindo de 19,55% para 18,78% da população economicamente ativa do município.

Os resultados também são expressivos em Quedas do Iguaçu, de acordo com o diretor de SPC da Caciopar. O acréscimo na recuperação de crédito atinge 44% em até 30 dias depois da inclusão do devedor no banco de dados do Serviço. O total de consumidores que quitam seus débitos em prazo superior a três meses depois da inclusão caiu de 66% para 61%. Ocorreu aumento de 29% no número de registros durante a campanha, e elevação de 2,1% no total de inclusões em comparação a períodos anteriores à implantação do projeto. Já em Quatro Pontes, a aceitação dos empresários quanto à inclusão de cheques surpreendeu, bem como o número de registros de cheques no sistema, que teve crescimento de 800%.

A associação comercial de Quatro Pontes buscou parceria com empresários da área de TI para oferecer soluções ao comércio de softwares de fluxo de caixa com valor acessível. Houve também melhoria no índice de proteção ao crédito em 24,6%. No início do projeto da Caciopar na entidade, havia restrição em 36 de cada grupo de cem consultas. O número caiu para 27,3 para cada cem consultas realizadas. O trabalho da Coordenadoria com os SPCs é amplo, segundo Eduardo Berndt, e envolve também palestras, apresentações, elaboração de cartilha de orientação, realização de campanhas para que devedores limpem o nome e distribuição de placas aos associados que usam o recurso informando sobre a política de crédito mínimo praticada pela empresa. Com isso, é possível padronizar os cuidados com a concessão de crédito.

Fonte: Crédito: Assessoria
 
 

CACIOPAR

 
Rua Pernambuco, 1802, 1° andar - Centro
85810-021 - Cascavel - PR
 
(45) 3321-1449
 
 

SISTEMA ASSOCIATIVISTA

 
2016 - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por Grupo Mar Virtual